Edição de Julho - 2020​

MOTIVOS DE ORAÇÃO

"Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada, como também está acontecendo entre vós;..."

(2 Ts 3:1)

Ore pelos trabalhadores da Seara no Mali

O Mali, oficialmente República do Mali, é um país africano sem saída para o mar na África Ocidental. Capital: Bamako.

O Mali é o sétimo maior país da África. Limita-se com sete países, a norte pela Argélia, a leste pelo Níger, a oeste pela Mauritânia e Senegal e ao sul pela Costa do Marfim, Guiné e Burkina Faso.

População: em julho de 2009, a população do Mali foi estimada em 13 milhões, com crescimento anual de 2,7%. A população é predominantemente rural e entre 5% e 10% são nômades. Mais de 90% da população vive no Sul, especialmente em Bamaco, que tem mais de 1 milhão de habitantes.

Formação étnica:  a população do Mali abrange um número de grupos étnicos da África Negra, dos quais a maioria tem concordâncias histórico-culturais, linguísticas, religiosas. De longe, os bambara formam o maior grupo étnico, correspondente a 36,5% da população. Em grupo, o bambara, o soninquê, o khassonké e malinquê, a maior parte do grupo mandê, representa 50% da população do Mali. Outros grupos importantes são o peul (17%), o voltaico (12%), o songaico (6%), o tuaregue e o mouro (10%). Estimasse que haja 34 etnias diferentes no Mali. Historicamente, Mali tem tido boas relações interétnicas, mas existem tensões entre os songais e tuaregues.

Religião: aproximadamente 90% dos malianos são islâmicos, 5% da população é cristão (dois terços católicos romanos e o resto de várias denominações protestantes), e os restantes 5% correspondem a crenças animistas tradicionais ou indígenas. O ateísmo e agnosticismo não são muito comuns entre os malianos, a maioria de quem pratica sua religião diariamente.

Situação atual: nos últimos dias o país vive vários conflitos político, religioso e étnicos. O grupo político denominado “M5”, quer a demissão do presidente e de seus ministros. Isso tem levado a várias manifestações com mortes e revolta. Se a tensão não for resolvida, existe a possibilidade de ter início uma guerra civil, porque a população está cansada de ser enganado pela liderança do país.

(Fonte: Wikipedia).

Então, por favor, orem conosco! 

Motivos de oração pelo Mali:

  • Por direções nas reuniões do presidente com os representantes do grupo M5, que aja um acordo com paz;
  • Pelos refugiados, por causas das guerras étnicas no Norte e centro do país;
  • Pelas chuvas na região das plantações para temos uma ótima colheita;
  • Pela igreja evangélica malinesa – pastores com suas famílias e membros;
  • Pelos obreiros nacionais e estrangeiros, família, ministério, saúde e sustento;
  • Pela saúde no país – covid-19 aparentemente está controlado, mais não terminou.

Compartilhe agora!

Curtir Carregando...
%d blogueiros gostam disto: